Todo gestor quer que a empresa cresça de modo sustentável, não é mesmo? Por isso, a maioria dos líderes busca na inovação respostas para elevar a capacidade competitiva. Nesse cenário, as novidades de informática já ajudam a controlar a performance do time e a melhorar os processos. Do mesmo modo, a tecnologia para a segurança do trabalho também tem trazido diversos benefícios, embora haja muito para evoluir.

Para se ter uma ideia, segundo o Ministério do Trabalho em reportagem à EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), companhia pública federal, um acidente de trabalho é registrado a cada 48 segundos.

Por essa razão, ficar atento às novidades de tecnologia na segurança do trabalho é capaz de fazer muita diferença nos índices de uma empresa. Quer saber mais? Então confira neste post quatro tendências de inovação nesse setor!

1. Realidade virtual

Programas de realidade virtual têm sido usados na indústria para simular treinamentos em locais ou tarefas nas quais há risco de acidentes. Essa tecnologia faz uma réplica de um ambiente profissional com elevada exatidão. Assim, é viável imitar experiências interativas com aparelhos de alto desempenho. O usuário se sente realmente imerso em determinada situação.

Desse modo, a capacitação técnica consegue ser feita de forma mais atraente do que a teórica. Isso significa que o time passa a assimilar melhor as informações. Vale ressaltar que esse mecanismo não pode substituir os cursos presenciais impostos pelo Ministério do Trabalho. No entanto, trata-se de um grande reforço para a queda no número de acidentes.  

2. Drones

Os drones também vêm se mostrando grandes aliados da tecnologia na segurança do trabalho, principalmente para inspeções em áreas de risco. São lugares com chances de haver vazamentos tóxicos, desmoronamentos ou mesmo com alturas elevadas.

Imagine, por exemplo, que o telhado de um galpão industrial de dez metros de altura tenha de ser refeito. Pelo método convencional, profissionais seriam enviados para fazer uma vistoria prévia antes que toda equipe subisse para realizar o serviço. Nessa tarefa, por mais que sejam tomados cuidados preventivos, sempre haverá um grau importante de risco. Afinal, um colaborador pode pisar em uma telha quebrada e cair.

Por outro lado, com o uso desses aparelhos tecnológicos, é possível filmar ou fazer fotos da área. Assim, não é necessário expor os trabalhadores a esses riscos. Desse modo, os drones ajudam a maximizar as vantagens da segurança do trabalho.

3. Robôs

Outro importante apoio à segurança do trabalho tem sido os robôs. Assim como os drones, eles entram em áreas perigosas ou mesmo de difícil acesso para fazer mapeamentos. Além disso, essas máquinas executam tarefas em espaços complexos, como a manutenção de uma tubulação subterrânea.

Existem ainda joysticks para o içamento de cargas que permitem o controle de um guindaste a distância. Sendo assim, os operadores não precisam mais ficar dentro do raio de ação do levantamento desse material. Nessa situação, o menor descuido pode significar um acidente grave a até fatal.

Além dos robôs, softwares de gestão em segurança também são bastante aproveitados nas políticas de prevenção a acidentes. Eles produzem relatórios estatísticos sobre as ocorrências em uma companhia. Assim, a tomada de decisão se torna mais simples, ágil e eficiente. Com isso, a qualidade de vida no trabalho se amplia de modo expressivo.

4. IoT

A IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas) é mais um recurso tecnológico a serviço da segurança do trabalho. Um exemplo disso é o beacon, que já vem sendo amplamente adotado em segmentos como óleo e gás, agroindústria, mineração e varejo. São aparelhos pequenos que transmitem informação por Bluetooth Low Energy (BLE).

Assim, eles possibilitam encontrar trabalhadores dentro de espaços imensos, como minas, florestas e barragens. O beacon pode ser inserido no capacete ou no crachá. Dessa forma, em caso de emergências, todos serão localizados rapidamente e podem ser resgatados com maior facilidade. Além disso, o gestor consegue supervisionar o deslocamento do time durante a jornada.

A tecnologia na segurança do trabalho, portanto, tem ampliado a produtividade. Isso porque ela potencializa a ação das políticas preventivas, reduzindo afastamentos e interrupções de tarefas. Ou seja, a empresa melhora seu desempenho, e os colaboradores ganham mais qualidade de vida no trabalho.

Quer ficar sempre por dentro das novidades dessa área? Então siga a Safe Soluções nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter e LinkedIn!

Quer nos conhecer melhor? Então visite nosso site www.safesst.com.br. Gostaria de entrar em contato conosco? Envie um e-mail para contato@safesst.com.br ou clique aqui.

Autor

Escreva um comentário

Share This