Após várias décadas de desenvolvimento da sociedade nas áreas da indústria e da tecnologia, vários setores do mercado (como o de construção civil) passaram a ter uma constante preocupação em relação ao meio ambiente, e por meio disso se iniciou uma busca por tendências sustentáveis.

A atenção que trouxeram para essas tendências não poderia ter vindo em momento melhor. É inegável que por anos a nossa sociedade não se mostrou muito consciente dos impactos na natureza que o desenvolvimento das cidades causava, mas isso se tornou diferente de uns anos para cá, onde agora muitas corporações buscam ações que não agridam a natureza.

O setor de construção civil com tendências sustentáveis é um assunto inovador, pois além de trazer novas tecnologias, materiais e maneiras de construir causando menor impacto para o meio ambiente, também são de grande relevância para as pessoas e a economia. Por isso, essa é uma área que deve estar em constante transformação, pois uma construção sustentável faz toda diferença perante a sociedade.

Pensando nisso, preparamos este artigo com 7 tendências sustentáveis no setor de construção civil para que você fique por dentro do assunto e veja a importância de aderir a essa ideia. Acompanhe!

1 – Retrofit de construções antigas

O retrofit é um termo inglês que basicamente significa modernizar construções antigas, sendo uma espécie de obra de baixo custo, já que não precisa ser iniciada do zero. Esse é um processo de atualização de uma construção que pode estar fora dos padrões atuais, buscando reformar o ambiente com formas e tecnologias mais atuais sem que sua identidade arquitetônica seja modificada.

É uma espécie de construção sustentável, pois além de visar a reparação de um local já deteriorado, busca fazer um planejamento otimizado e mais econômico, como o sistema hidráulico e elétrico, por exemplo.

2 – Automação

O uso de sistemas automatizados numa construção permite uma melhoria tanto no processo de construção, quanto após sua conclusão. Com isso, diminui alguns recursos utilizados na edificação, como consumo de água, energia elétrica, entre outros. Controle de acesso e de elevadores por aplicativo também é um exemplo bem atual de automação utilizado.

3 – Material pré-fabricado

Pode causar bastante impacto no tempo da construção, por isso, é interessante adotar a pré-fabricação de estruturas e de etapas inteiras da obra, já que haverá uma maior agilidade durante todo o processo, menos desperdício e consequentemente uma otimização maior do uso de materiais.

Além disso, outra vantagem são as suas estruturas móveis, que podem fazer com que uma casa modular possa ser transferida para um novo local, tendo menor custo do que uma nova construção.

 4 – Casas modulares

Uma espécie de construção não convencional que trata de construções projetadas em fábricas fazendo estruturas como módulos habitacionais, e podem ser instaladas nos lugares que mais lhe favorecem.

São construções flexíveis, que podem ser montadas e desmontadas com facilidade, layout sujeito a personalização a gosto do cliente, acabamento refinado e costumam ser bastante procuradas para fins de domicílio, mas também para fins comerciais por sua rentabilidade.

5 – Projetos em containers

Vem crescendo cada vez mais a atenção e os projetos desse tipo em nosso país. Isso porque os projetos em containers, assim como as casas modulares, são construções não convencionais.

Seu diferencial é que seus projetos podem ser totalmente personalizados para o que melhor for do seu agrado e necessidade, além de possuir isolamento acústico e térmico, podendo ser instalado em diversos lugares independentemente se a região for mais quente ou mais fria. Além disso, também pode ser utilizado para fins comerciais ou para fazer residências, banheiros e anexos.

6 – Valorização da luz natural

É uma das práticas mais comuns quando se fala em construções sustentáveis. Lugares que valorizam não só a iluminação como também promovem uma ventilação a fim de proporcionar um local mais fresco e arejado conseguem ser mais atrativos para as pessoas.

Aqui no Brasil é uma tendência bastante apreciada. Por ser um país tropical, também acaba sendo de uma ajuda considerável na diminuição do consumo de energia elétrica para as luzes e ar-condicionado.

7 – Materiais ecológicos

Uma grande tendência também é o uso de materiais ecológicos para as construções e materiais de reaproveitamento. Hoje em dia, muitas empresas de construção procuram criar materiais que não causem tanto impacto no meio ambiente e que ainda tenham boa qualidade, como biomateriais, madeira de demolição, aditivos de concreto menos prejudiciais, entre outros.

Em relação aos materiais reaproveitados, muitos testes comprovam que o reaproveitamento de alguns minérios ou materiais já sem uso é uma opção mais sustentável para sua construção, além de ser um substituto para a extração de produtos naturais. Muitos desses materiais ecológicos já são encontrados no mercado por preços acessíveis e até mais baratos que alguns materiais sem nenhuma responsabilidade ambiental.

Benefícios da construção sustentável

A adoção dessas tendências sustentáveis pode trazer diversos benefícios, como:

Diminuição do custo

Talvez o investimento inicial seja mais alto do que seria em uma construção normal por não se tratar de uma construção convencional. Mas, ao longo do tempo o investimento fará efeito quando os gastos fixos forem reduzidos e também possíveis manutenções não serão tão necessárias pela utilização de materiais mais resistentes e de boa qualidade.

Economia de recursos naturais

Há uma utilização menor de recursos naturais quando é feita uma construção que tenha como um dos seus focos a sustentabilidade, como os materiais ecológicos e uso da luz solar.

Preservação do meio ambiente

Reduzir o consumo de água e energia elétrica, otimização de materiais e uso de produtos que menos afetam a natureza são medidas que, quando tomadas, ajudam na preservação do meio ambiente.

Ainda há algumas outras tendências que podem ser adotadas, como os famosos telhados e paredes verdes, o reaproveitamento de água da chuva, gestão de resíduos, entre outros. Também pode ser uma alternativa bastante vantajosa a adoção de algum tipo de energia renovável, como painéis de energia solar ou geradores eólicos ou, até, uma solução híbrida utilizando ambas as tecnologias de forma complementar.

As tendências sustentáveis de hoje são de extrema importância para o nosso planeta e por consequência para a nossa sociedade, pois sem essa preocupação, o nosso ecossistema, já, profundamente afetado, pode entrar em colapso.

A fauna e flora da Terra são diretamente impactadas pelo desenvolvimento humano, e é dever da humanidade tratar do planeta de maneira consciente antes que haja danos irreparáveis que afetarão as nossas vidas. Uma sociedade com tendências sustentáveis poderá caminhar para um progresso mais limpo e garantir uma vida saudável para as gerações futuras.

E você, gostou do nosso artigo? Então, certamente também vai gostar de conhecer 4 tendências de tecnologia para a Segurança do Trabalho e se manter atualizado com as inovações este setor. Boa leitura!

Se você quiser saber mais sobre a SAFE, visite nosso site no endereço www.safesst.com.br. Caso queira entrar em contato diretamente conosco, clique aqui.

Autor

Escreva um comentário