Durante anos a sociedade se baseou em um modelo de desenvolvimento o qual não levava em consideração os impactos causados ao meio ambiente e na saúde e conforto dos trabalhadores. Desse modo, por se tratar de um tema extremamente importante, até porque nos afeta diretamente, segurança do trabalho e sustentabilidade são assuntos que precisam ser cada vez mais debatidos e esclarecidos na sociedade e nas empresas.

Por esse motivo, preparamos um conteúdo abordando o conceito de sustentabilidade, o atual panorama da segurança do trabalho e de que forma esses contextos se relacionam. Acompanhe!

Sustentabilidade

Cabe destacar, inicialmente, que o assunto sustentabilidade começou a ser discutido pela sociedade em meados da década de 70, na Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, na Suécia.

Dessa forma, a sustentabilidade nada mais é do que um conjunto de medidas que visam atender às necessidades da geração atual sem comprometer a qualidade de vida e o desenvolvimento das futuras gerações.

Importante ressaltar, que sustentabilidade vai muito além da causa ecológica, pois além do meio ambiente, ela trata de aspectos sociais e econômicos.

Segurança do trabalho

O Brasil, infelizmente, é um dos países que mais registram ocorrências de acidentes de trabalho, figurando a quarta colocação no ranking mundial. Desse modo, anualmente milhares de colaboradores sofrem com a falta de segurança nos ambientes ocupacionais e acabam sendo vitimados devido à perda do controle dos riscos.

Considerando esse cenário, percebemos facilmente o quão importante e valioso é a promoção de medidas preventivas que garantem a saúde e o conforto humano no trabalho, como:

  • utilização de Equipamentos de Proteção Individual – EPI e Equipamentos de Proteção Coletiva – EPC;
  • investimento no setor de Segurança do Trabalho;
  • criação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA;
  • conscientização dos colaboradores por meio de uma cultura interna de segurança do trabalho;
  • realização correta da análise e do mapeamento de risco;
  • atenção ao cumprimento das normas regulamentadoras específicas para a área de atuação da empresa, (essencialmente as que se relacionam com os ambientes insalubres e a descrição de EPIs).

A segurança do trabalho e a sustentabilidade

Engana-se quem acha que as práticas de sustentabilidade refletem apenas em benefícios para o meio ambiente e a natureza. O bem-estar humano e a qualidade de vida da sociedade também colhem os frutos.

Nesse contexto, como a segurança do trabalho tem o intuito de preservar a saúde humana e proteger o trabalhador contra os riscos ocupacionais, ela, junto à sustentabilidade, também impacta no bem-estar social, proporcionando cada vez mais o desempenho de tarefas com qualidade, segurança e conforto.

Portanto, agora que você já sabe como a segurança do trabalho e a sustentabilidade se relacionam, fica mais simples de perceber o quão importante é uma empresa investir em ambientes ocupacionais seguros e práticas de produção/desenvolvimento classificadas como sustentáveis. Vale ressaltar ainda que essas medidas jamais devem ser encaradas como uma despesa, mas sim como um investimento, o qual seguramente nos dará retorno.

O conteúdo foi interessante para você? Então, compartilhe o post em suas redes sociais e faça com que mais pessoas saibam sobre a relação que há entre segurança do trabalho e sustentabilidade.

Se você quiser saber mais sobre a SAFE, visite nosso site no endereço www.safesst.com.br. Caso queira entrar em contato diretamente conosco, clique aqui.

Autor

Escreva um comentário

Share This