Quase todas as empresas precisam lidar com produtos químicos nas suas atividades diárias. Isso pode ocorrer no momento da confecção dos produtos, para garantir o bom funcionamento das máquinas e, até mesmo, no momento da limpeza.

Esses produtos trazem riscos para os colaboradores que entram em contato direto com eles. Pensando na proteção e segurança dentro do ambiente organizacional, foram criadas normas que regulamentam o uso de produtos químicos dentro da empresa, o que inclui a FISPQ.

Quer saber o que é FISPQ? Então continue a leitura e entenda mais sobre esse documento!

O que é FISPQ?

FISPQ é a sigla para Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos e consiste em um documento no qual constam detalhes sobre os elementos químicos contidos em determinado produto e cuidados que devem ser tomados na hora do uso. Nela é descrita a composição do produto, informações sobre saúde e meio ambiente, recomendações de uso e equipamentos de segurança que precisam ser utilizados para manipular determinado produto.

Ela é composta por 16 seções. São elas:

  1. identificação do produto e da empresa;
  2. identificação de perigos;
  3. composição e informações sobre os ingredientes;
  4. medidas de primeiros-socorros;
  5. medidas de combate a incêndio;
  6. medidas de controle para derramamento ou vazamento;
  7. manuseio e armazenamento;
  8. controle de exposição e proteção individual;
  9. propriedades físicas e químicas;
  10. estabilidade e reatividade;
  11. informações toxicológicas;
  12. informações ecológicas;
  13. considerações sobre tratamento e disposição;
  14. informações sobre transporte;
  15. regulamentações;
  16. outras informações.

Como ela é regulamentada?

A FISPQ é regulamentada pela NBR 14.725-4, norma da ABNT. Nesse documento está descrito o objetivo da FISPQ, instruções sobre as informações que devem ser incorporadas ao documento e, até mesmo, como construí-lo.

Quem precisa elaborar esse documento?

A FISPQ deve ser elaborada por todas as empresas que fabricam produtos químicos, assim como por quem importa para comercializar. No caso das empresas que adquirem esses produtos para serem utilizados no ambiente interno, como no caso de produtos de limpeza, é essencial que o empregador consulte a FISPQ de cada um deles e tome todas as medidas necessárias para proteger os colaboradores.

Qual a importância da FISPQ para a segurança do trabalho?

A FISPQ é extremamente importante para manter a segurança do trabalho. Isso porque são poucas as empresas que não utilizam produtos químicos nas suas atividades diárias. Dessa forma, é preciso estar atento à composição de cada um deles e à forma adequada de utilização para orientar e proteger os colaboradores no momento do uso.

Com essas medidas, você é capaz de prevenir doenças ocupacionais geradas pelo manuseio de produtos químicos de forma inadequada. Além disso, pode evitar problemas ainda mais sérios, como doenças degenerativas e, até mesmo, morte de trabalhadores devido ao contato com esse tipo de produto.

Contudo, a importância dessa ficha não para por aí. As empresas que a utilizam podem reduzir uma série de custos com multas e afastamento de trabalhadores, por exemplo. Também é possível preservar o meio ambiente no qual a empresa está inserida ao utilizar corretamente a FISPQ.

Estar atento às normas de saúde e segurança do trabalho, assim como documentações previstas por elas, é essencial para que as atividades da sua empresa sejam realizadas sem colocar a integridade física dos trabalhadores em risco. Agora que você já sabe o que é FISPQ, para que serve e a importância dessa ficha, consulte em cada um dos produtos químicos utilizados na sua empresa e tome as medidas adequadas para proteger o seu time.

Além de conhecer a FISPQ, é preciso estar atento ao que prevê a NR 25 sobre resíduos industriais. Não deixe de ler também esse post!

Quer saber mais sobre a SAFE, então visite nosso site no endereço www.safesst.com.br. Se preferir entrar em contato diretamente conosco, clique aqui.

Autor

Escreva um comentário

Share This