Qual a relação entre a indústria 4.0 e o meio ambiente?

Uma das maiores preocupações da sociedade é o uso consciente dos recursos naturais, principalmente nas empresas que agora têm foco também no desenvolvimento sustentável. Esse conceito tem aumentado com o avanço da quarta revolução industrial, em que a indústria 4.0 e o meio ambiente precisam caminhar na mesma direção.

A indústria 4.0 tem como objetivo o uso do sistemas de informatização e mecatrônica para modernizar ainda mais os processos produtivos. Com a inovação e ambientes inteligentes, além de se adequar às necessidades dos clientes, progressivamente atende os princípios da sustentabilidade.

Quer saber como tudo isso acontece? Então, continue lendo e entenda o conceito de indústria 4.0 e sua relação com o meio ambiente.

Qual o conceito da indústria 4.0?

O conceito de indústria 4.0 ou quarta revolução industrial surgiu na Alemanha e se caracteriza por um conjunto de inovações tecnológicas criadas para permitir a fusão do mundo digital, físico e biológico. O intuito é gerar melhores resultados para as empresas e facilitar os processos industriais.

Na indústria 4.0 pessoas, sistemas e máquinas estão melhor integrados, possibilitando um processo de produção muito mais ágil e inteligente, ao mesmo tempo, ele é sustentável e econômico. Assim a empresa consegue produzir mais com um custo menor e mantendo a qualidade.

Qual a relação entre a indústria 4.0 e o meio ambiente?

Devido à indústria 4.0 fazer o uso de inovações e recursos tecnológicos, é necessário que as empresas tenham uma política sustentável.

Desse modo, há uma relação direta com os efeitos e impactos dos processos industriais no meio ambiente e em toda a cadeia produtiva, especialmente pelo fato de que a implementação de novas tecnologias auxilia na redução de desperdícios e na otimização do uso dos recursos naturais.

Por meio de Big Data, por exemplo, analisamos um grande volume de informações e, com isso, é possível desenvolver soluções e avanços com maior impacto e benefício. É dessa forma que construímos cidades inteligentes, e esse mesmo princípio pode ser adotado na indústria para que ela se torne mais sustentável.

Já a Internet das Coisas (IoT) conecta máquinas e equipamentos a uma rede, sendo controlados por um sistema. Além de promover a economia de energia e recursos, é possível associar à inteligência artificial para que a máquina tome decisões e encontre as melhores soluções para endereçar problemas e otimizar processos.

Em conjunto com o Big Data e a IoT, podemos desenvolver o Sistema Cibernético-Físico (CPS), que conecta as operações físicas às infraestruturas de comunicação e computação, com foco na rede contendo vários dispositivos.

Esses e outros recursos tornam os ambientes de manufatura auto-ajustáveis e flexíveis, para atender a demanda de produtos cada vez mais customizados. Porém, promove a economia de recursos e o melhor aproveitamento deles, atuando com sustentabilidade.

Quais são as soluções sustentáveis na indústria 4.0?

O acompanhamento dos dados gerados pelos sistemas fabris a partir de sensores instalados, possibilita monitorar todo o processo produtivo. A partir da análise desses dados, direcionamos para a melhor tomada de decisão. Alguns benefícios dessas práticas são:

  • redução de custos;
  • diagnóstico em tempo real;
  • design mais inteligente;
  • integração e otimização dos processos;
  • flexibilização da produção.

Como a indústria 4.0 pode impactar a gestão de resíduos das empresas?

A indústria 4.0 e o meio ambiente trabalham em conjunto, uma vez que o surgimento da organização inteligente impacta de forma direta a gestão de resíduos.

Esse novo conceito minimiza a produção de resíduos sólidos, recicla as sobras e usa de maneira racional as matérias-primas, adotando cada vez mais os princípios da sustentabilidade para atingir o alto desempenho.

Quais os benefícios que a indústria 4.0 pode trazer para as empresas?

Além de as indústrias se tornarem mais produtivas e competitivas, as inovações trazem diversos benefícios em relação aos impactos ambientais, como:

  • economia de energia;
  • conservação ambiental;
  • redução do uso de matéria-prima;
  • produção com sustentabilidade;
  • fim do desperdício;
  • reciclagem de resíduos.

As empresas brasileiras que se adaptam à indústria 4.0 e implementam estratégias tendem a impulsionar o aparecimento e avanço de fábricas inteligentes e sustentáveis. Um dos exemplos é a montadora Volkswagen, que se aperfeiçoou ao aderir a esse conceito.

A Volkswagen, inaugurou na fábrica de São Bernardo do Campo, SP, um laboratório de inteligência virtual, tendo como foco os processos produtivos. Assim, o desenvolvimento de protótipos veiculares tornou-se mais eficiente.

Para se aprimorar e manter no mercado, as empresas devem estar preparadas para aderir ao que está estabelecido no novo conceito industrial. Uma organização inteligente precisa automatizar processos, mas também gerenciar de maneira adequada os recursos e por conseguinte os resíduos. Com a implementação da indústria 4.0, é possível ter melhores resultados e garantir a preservação do planeta. O meio ambiente agradece.

Gostou do nosso conteúdo? Então, curta nossa página no Facebook e se mantenha atualizado sobre nossas informações.

Quer saber mais sobre a SAFE e como podemos ajudar nessas questões, então acesse nosso site no endereço www.safesst.com.br. Se quiser entrar em contato diretamente conosco, clique aqui.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.